Blog

28810344_10215979582662649_1124083123_o
6 mar

Cafeína: leia atentamente as instruções antes de usar! por propulsao // Post salvo em Sem categoria

Hoje a Oficina foi o “Conversando sobre Drogas” Cafeína.

Falamos um pouco sobre essa planta milenar que já foi proibida em diferentes períodos históricos em diferentes países.

A Caffea Arábica, espécie mais popular mundo afora, é a principal espécie representante do café, ou melhor, da cafeína, substância estimulante encontrada nos frutos dela.

Além desta, existem 60 outras espécies de café, além de outras plantas que também contém cafeína, como o guaraná, o cacau e o mate.

 

Coffea_arabica_-_Köhler–s_Medizinal-Pflanzen-189 download

Longe de saber as minúcias químicas dessa substância, podemos dizer que ela é um estimulante do sistema nervoso central (SNC) e que causa dependência física e psíquica. Até aí nada diferente do que já ouvimos falar sobre qualquer droga. A diferença é que a cafeína está amplamente difundida em nossa sociedade, principalmente pelo preparo clássico: pó de café com água quente.

No entanto notamos o aumento de novos produtos que contém cafeína em suas formulações, como bebidas energéticas, em analgésicos para diminuir o sono, e até mesmo medicamentos destinados à usufruir dos benefícios terapêuticos da cafeína, que é o caso dos medicamentos utilizados para diminuir a fadiga muscular e aumento da concentração.

 

Para todos os casos existe uma mínima recomendação da dose diária, que varia dependendo da faixa etária de quem está consumindo. Essa faixa está entre 60 – 80 mg para jovens, entre 80-150mg para pessoas adultas. Para idosos +65 anos, aconselha-se que o consumo seja feito até às 16h, uma vez que a cafeína demora mais tempo para ser excretada pelo organismo.

 

Redução de Danos no uso do Café

O disponibilidade diária de café, nos imprime um ritmo intenso no uso dessa substância, podendo-se ingerir várias xícaras durante o dia. A dose recomendada de café, são 150mg, aproximadamente 1 xícara e meia, por dia!!
Ou seja, consumimos muito café, 2 xícaras em cada período, em média. Além daquelas xícaras quase fora de horário, como às 18h.

Algumas práticas também são recomendadas, como beber com leite ou com acompanhado de algum alimento. Nunca ingerir apenas o café puro, principalmente pelas manhãs, quando o estomago está vazio e mais sensível.

No mais, é sermos razoáveis com os usos, nunca exagerar.

Para demonstrar o caráter híbrido dessa substância, tanto nas suas apresentações (café, energético, medicamentos) quanto nas suas dosagens, que devem ser respeitadas, criamos um rótulo de medicamento genérico para a cafeína, que foi posteriormente fixado na garrafa de café, no intuito de informar as pessoas sobre os riscos e benefícios dessa bebida.

 

28810344_10215979582662649_1124083123_o

Texto e Fotos: Ed. James